Destaques
recent

A Vocação de Jeremias - Por Michael Mutinda

“... a missão de destruir, arrancar e plantar a justiça divina...”.
Jr. 1,10.

De Michael Mutinda, Imc*
Vocação.
A palavra vocação vem da palavra latina vocare que quer dizer, chamar. Vocatio é chamamento, chamar, eleger, escolher. Então, se vocação é chamamento, deve haver alguém que chama e alguém que é chamado. Portanto, não é simples tendência ou inclinação pessoal, mas é chamada. Então podemos definir a vocação como: o chamado que brota do mais íntimo do ser humano, onde ressoa a voz de Deus para dar a resposta a ele. Portanto, vocação aqui tem uma dimensão essencialmente religiosa. Falar da vocação na Bíblia, há perigo de se preocupar com a interpretação exegética, mas nós aqui faremos simplesmente uma conversa segundo o texto.

Senso bíblico da vocação.
Podemos dizer que a vocação é um fato bíblico. O nosso Deus é um Deus que fala que escolhe e chama pessoas para o serviço, para missões concretas e determinadas. Esta sempre foi a convicção presente na consciência do povo bíblico. Deus conduz a história e a iniciativa é sempre dele. Muito significativa na Bíblia é a vocação-chamamento e envio dos profetas. Os grandes profetas bíblicos falam da própria vocação, dando testemunho do chamado divino individual, direto e imediato. A toda vocação comporta o envio para uma missão, e a toda vocação exige ruptura com o passado. Vemos isso com a vocação de Jeremias.

Vocação de Jeremias (Jr. 1,4-10)
A vocação de Jeremias é descrita de uma maneira da bela construção literária, que encontramos no capítulo 1,4-10. Neste texto, vemos que Deus se revela a Jeremias e lhe dá a missão de destruir, arrancar e plantar a justiça divina (Jr. 1,10). Jeremias objeta dizendo que não sabe falar. “Ah! Senhor Deus, eis que eu não sei falar, porque ainda sou uma criança” (Jr. 1,6). E Deus mesmo lhe diz: “Não tenhas medo deles, para que eu não te aterrorize à vista deles” (Jr. 1, 17). Antes mesmo de te formar no ventre materno, eu te conheci; antes que saísses do seio, eu te consagrei. Eu te constitui profeta para as nações” (Jr. 1,5).

Missão marcada por medo e crise da sedução
Jeremias se mostra como um profeta medroso. Se o seu nascimento foi marcado pela alegria na casa paterna (Jr. 20,15), ele, no entanto, quando já crescido amaldiçoa o dia do seu nascimento: “Maldito o dia em que nasci” (Jr. 20,14). Jeremias demonstra claramente que não queria ter nascido. A sua mãe levou a culpa: “Minha mãe teria sido minha sepultura” (Jr. 20,17). “Mãe, minha desgraça é a vida que a senhora me deu” (Jr. 15,10). Lendo o texto de jeremias, se percebe que ele viveu na roça. Não se casou. Conhecedor do sofrimento de seu povo, Jeremias sabia que algo deveria ser feito, mas ele tinha medo. No ano 627 antes da Era Comum, no décimo terceiro ano do governo de Josias, Jeremias sente o chamado de Deus.

Os elementos essenciais da sua vocação.
          Podemos sintetizar os pontos essências da vocação deste profeta em seguintes pontos:
Deus quando chama alguém é porque este já é íntimo seu. “Antes mesmo de te formar no ventre materno, eu te conheci; antes que saísses do seio, eu te consagrei” (Jr. 1,1-5). Com estas palavras, Jeremias narra a sua experiência de Deus.
A missão profética e sua realização confirmam o chamado. Jeremias tem consciência que ele é um consagrado para a missão profética: “Eu te consagrei” (Jr. 1,5b). Por isso, ele não sabe fazer outra coisa senão ser profeta.
O medo e outras limitações humanas são inerentes à vocação. Isto não é diferente com Jeremias, que, de tanto medo, apela para o não saber falar. “Eu sou criança” (Jr. 1,6).
O profeta é porta-voz de Deus (Jr. 1,7). Jeremias terá que falar em nome de Deus e em sintonia com o povo ao qual ele foi enviado por Deus. E Deus estará com ele sempre.
O profeta é abençoado por Deus. As palavras de Deus são colocadas em sua boca, de modo que ele fale em seu nome (Jr. 1,10).
O profeta é seduzido por Deus. “Tu me seduziste, Senhor, e eu me deixei seduzir” (Jr. 20,7). Estas palavras proferidas por Jeremias demonstram como ele compreendeu o mistério da vocação em sua vida. Deus mudou a vida de Jeremias.

Para refletir:
Dissemos que uma vocação acertada leva a pessoa a se sentir realizada e feliz. Concorda ou não? Se concordar, que testemunha você dá da vocação que escolheu?

Numa comunidade cristã, Deus chama pessoas para serem responsáveis para que cada pessoa acerte na sua escolha da própria vocação e seja feliz. Pessoalmente, você está colaborando neste sentido, na sua comunidade, na sua escola, na sua família?
Joylson Carvalho

Joylson Carvalho

Web Developer, catequista por vocação desde 1998. Desde 2011 tenho me dedicado a estudos, vivências e praticas da IVC, desde então tenho ajudado na implementação da Iniciação a Vida Cristã com inspiração catecumenal, nas comunidades da arquidiocese de Manaus.

Comentários
0 Comentários

Olá, se esse post ajudou você de alguma forma, deixe seu comentário ele é muito importante para nós.!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá, se esse post ajudou você de alguma forma, deixe seu comentário ele é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.