Destaques
recent

Símbolos e Ritos na Catequese

Rito: É uma ação simbólica, constituída por gestos e palavras que favorece a participação comum e a repetição. Prioriza o fazer sobre o dizer. Daí a importância de não explicar o Rito durante o a realização do mesmo, se faz necessário reunir antecipadamente os catecumenatos, introdutores e suas famílias para explicar e entender, no memento da realização é para ser vivenciado, sentido, experimentado.

O rito é ligado a uma experiência:
- A existência de um acontecimento primordial de salvação;
- O acontecimento se torna presente em um rito;
- os homens de todos os tempos através do rito realizam sua história de salvação.

Nós, cristãos e cristãs, temos nossas festas, nossos símbolos e ritos, que possibilitam expressar e vivenciar nossa identidade, nossas convicções, nossa fé. É mediante esses elementos rituais que expressamos nossa relação com Alguém, que para nós é o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Na catequese com inspiração catecumenal o RICA vem na auxiliar na preparação dos ritos, que devem ser vividos conforme realidade de cada grupo.

O rito para ser autêntico deve envolver o ser humano na sua inteireza: corpo mente e sentimento, afeto.... Essas realidades estão indissociáveis (pela presença unificadora do Espírito).
Símbolo: Em sua raiz grega exprime a junção de duas partes: symbállein. Aquilo que une.

Um SINAL SENSÍVEL com seu significado primeiro, imediato, que atinge nossos impulsos, nossa imaginação...  EVOCA, MANIFESTA, FAZ APARECER, TRAZ PRESENTE, RE-PRESENTA, VELA/REVELA. Dessa forma se faz desnecessário comentários explicativos sobre os símbolos.

O corpo como espaço ritual
Na comunicação com as outras pessoas, nosso corpo fala mais que as palavras. A experiência que temos de nós mesmos passa pela experiência que temos de nosso corpo. Pelo corpo estamos unidos a tudo e, ao mesmo tempo somos únicos.
Os nossos sentidos são a porta de entrada para a compreensão e vivência corporal da liturgia.
Em sua Encarnação Jesus se faz comunicação plena; “Ouvimos, vimos com nossos olhos e nossas mão apalparam”... (cf. 1Jo 1,1-4)

O TATO (toque): O tato é o primeiro sentido que se mostra ativo na vida humana (a criança apalpa, sente pelo tato); é ainda o último sentido a desaparecer (os enfermos, agonizantes, já sem visão e sem audição, se comunicam pelo tato)
Na liturgia, a imposição de mãos, o abraço de paz, de acolhida, de reconciliação, de comunhão fraterna, a unção devem ser gestos verdadeiros, expressivos, que transmitam a vibração do coração e de toda a pessoa.
O PALADAR, O SABOR: Constantemente, os evangelhos nos mostram Jesus e seus discípulos participando de festas, de banquetes... Sua última ação foi uma ceia, na qual ele deixou-nos o pão e o vinho como sinal de sua eterna aliança conosco. Ele partia, repartia e saboreava os alimentos com seus seguidores (o pão, o vinho).                             
Seus discípulos o reconheceram ao partir o pão, após a ressurreição.

O OLFATO (cheiro): O que há para se cheirar na liturgia?
 Aparentemente são poucos os elementos diretamente envolvidos com o sentido do olfato. O mistério entra pelos sentidos e, no contexto deliberativo, vai sendo comunicado, vivido, realizado.

A AUDIÇÃO: O elemento auditivo é muito importante em todos os momentos da nossa vida, também na celebração. Nos dias atuais, envoltos por tantos apelos sensoriais, falamos, vemos, ouvimos, cheiramos, tateamos muito... e escutamos pouco. Achamos que isso é normal, que faz parte do nosso tempo. Será?

Concluindo, podemos afirmar que os ritos se compõem fundamentalmente de gestos e palavras que se apoiam mutuamente. Nossas ações, gestos e posturas corporais são de grande importância para garantir uma participação plena, consciente e frutuosa na liturgia como nos pede a Igreja.

Fonte de Estudo: Escola Bíblico catequética Frei Benardo Cansi
Joylson Carvalho

Joylson Carvalho

Web Developer, catequista por vocação desde 1998. Desde 2011 tenho me dedicado a estudos, vivências e praticas da IVC, desde então tenho ajudado na implementação da Iniciação a Vida Cristã com inspiração catecumenal, nas comunidades da arquidiocese de Manaus.

Comentários
0 Comentários

Olá, se esse post ajudou você de alguma forma, deixe seu comentário ele é muito importante para nós.!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá, se esse post ajudou você de alguma forma, deixe seu comentário ele é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.